anunciar tabela de preços enviar notícia
rede social :: login
Ladrão 'engatinha' para furtar e preocupa comércio de São João
São João da Boa Vista|policiais|19/05 11:13|723 visualizações
Um ladrão que invade bares, restaurantes e padarias e sai engatinhando para pegar o dinheiro dos caixas e produtos está trazendo prejuízos para comerciantes de São João da Boa Vista. Nos últimos 20 dias foram pelo menos sete furtos da mesma forma. Por enquanto ninguém foi preso e a Polícia Militar pede para que as vítimas denunciem.
 
Ações parecidas:
A câmera de segurança de um restaurante gravou o momento do crime. Um homem com o rosto coberto arromba a fechadura da porta e entra abaixado para não acionar o alarme. Ele leva dinheiro do caixa, garrafas de bebida alcoólica e comida, causando um prejuízo de cerca de R$ 1 mil. O dono do restaurante, que preferiu não se identificar afirma que a ação foi rápida durante a madrugada e o ladrão fugiu sem ser notado.

Insegurança:
Em todos os casos, o modo de agir é bem parecido e o assaltante procura lojas com portas ou janelas de vidro, entra abaixado para não acionar o alarme e levar mercadorias e o dinheiro do caixa.
Em uma loja que vende vinhos, as imagens mostram o assaltante chegando de bicicleta com outra pessoa. Ele também arromba a fechadura e entra se arrastando até o caixa, de onde levou R$ 50. Ele ainda leva garrafas e sai tranquilo sem ser incomodado e sem disparar o alarme. Depois do furto o dono da loja, Ricardo Pereira reforçou a fechadura, mas ainda se sente inseguro.
"Tudo indica que seja a mesma pessoa porque tem perfis parecidos, a pessoa tem sempre um capuz, a maneira de arrombar, a maneira de entrar. Foi um susto muito grande e o pior de tudo é o sentimento de vulnerabilidade, fiquei uma semana passando nas portas todos os dias, por volta do horário do ocorrido, então é muito assustador", disse.

Falta de registro de B.O.:
Segundo a PM, até agora nenhum suspeito foi preso em flagrante. O comandante da 1ª Cia. da PM capitão Fernando Medeiros Gonçalves orienta os comerciantes a fazer o boletim de ocorrência mesmo quando são furtados pequenos valores.
"Quando o indivíduo é vítima de alguma coisa ele deixa de comunicar a polícia, o que prejudica o nosso trabalho. Os crimes estão acontecendo e a polícia não tem como fazer um levantamento por conta dessa subnotificação", afirmou.
enviar notíciaenviar informaçõesenviar foto comentar

Comentar usando as Redes Sociais

Comentar esta notícia

comentário

(500 caracteres)

nome completo
cidade